Por que a Cinderela de Brandy não está no Disney+?

 13/10/97 Hollywood, CA. Whitney Houston, Brandy e Bobby Brown na estréia de todos os novos versi

Fonte: Brenda Chase/Getty

Quando a Disney lançou seu serviço de streaming Disney+, o maior ponto de venda era que incluiria quase tudo que a empresa criou desde sua criação em 1923.



E com exceção de alguns conteúdos insuportavelmente racistas (veja: 1946’s Canção do Sul) esse é o caso.

Infelizmente, houve outro descuido.

Cinderela de Rodgers & Hammerstein, que a Disney produziu em 1997, estrelando as cantoras Brandy e Whitney Houston.

Com Brandy no papel titular, o filme marcaria a primeira vez que a Disney via uma princesa negra.

O filme, que foi ao ar como telefilme, foi um sucesso, jogando para 60 milhões de espectadores e se tornando o mais assistido estréia musical na televisão em décadas . O filme rendeu à ABC sua maior audiência nas noites de domingo em 10 anos.

Mas, apesar de seu sucesso e diversidade inovadora em seu elenco daltônico, o filme não pode ser encontrado no Disney+.

No mês passado, em entrevista ao Pedra rolando , Brandy compartilhou sua frustração pelo projeto não ter sido incluído na plataforma.

“Eu absolutamente não tenho nenhuma visão sobre isso! Não tenho ideia de por que [não está] no Disney+. Deve [estar] lá porque é Whitney Houston sozinha. Você sabe o que eu quero dizer? Por si só só porque é Whitney Houston. Então, eu não sei. Mas eu quero dizer Platina Dupla , o filme que fiz com Diana Ross, acabou de ser lançado na Netflix”, continuou ela. “Essa é a esperança de que talvez a Disney possa aparecer e pegar Cinderela . Isso seria incrível, eu adoraria isso.”

Além de Brandy e Whitney Houston, o filme também estrelou Whoopi Goldberg, Jason Alexander, B.A.P.S. estrela Natalie Desselle Reid, Bernadette Peters e Paolo Montalban como o príncipe.

A Disney tem que se recompor.

Com a Netflix exibindo Brandy's Platina Dupla e o sucesso de “Moesha” na plataforma de streaming, só faz sentido.