Michelle Obama se preocupa com as 'suposições' racistas que as pessoas podem fazer sobre Malia e Sasha

 Glamour apresenta 'Um futuro mais brilhante: uma conversa global sobre garotas'' Education" With First Lady Michelle Obama

Fonte: Paul Morigi / Getty

Em sua última entrevista, a ex-primeira-dama Michelle Obama falou sobre como tem sido a vida após a o veredito sobre o assassinato de George Floyd. Falando com Gayle King , Obama disse que se preocupa com o racismo que suas filhas Malia, 22, e Sasha, 19, enfrentam toda vez que entram no carro e saem.



'Não podemos dizer: 'Ótimo, isso aconteceu, vamos seguir em frente'', disse Obama a King em CBS esta manhã sobre seus sentimentos após a notícia do veredicto de culpado Derek Chauvin recebido no julgamento do assassinato de George Floyd. “Sei que as pessoas da comunidade negra não se sentem assim, porque muitos de nós ainda vivemos com medo quando vamos ao supermercado ou nos preocupamos em passear com nossos cães ou permitir que nossos filhos obtenham uma licença.”

Quando King então interveio e perguntou se Sasha e Malia estavam dirigindo, Obama respondeu: garotas educadas, mas talvez estejam tocando a música um pouco alto. Talvez alguém veja a parte de trás de sua cabeça e faça uma suposição.”

Ela continuou: “Eu, como tantos pais de crianças negras… o ato inocente de obter uma licença coloca medo em nossos corações. Então acho que temos que falar mais sobre isso e temos que pedir aos nossos concidadãos que ouçam um pouco mais e acreditem em nós e saibam que não queremos estar lá fora marcha. ”

Ao discutir todos os protestos que aconteceram no ano passado, Obama observou que muitos jovens foram fundamental na luta pela mudança . Ela acrescentou: “Todas essas crianças do Black Lives Matter, preferem não se preocupar com isso. Eles estão indo às ruas porque precisam. Eles estão tentando fazer as pessoas entenderem que somos pessoas reais. E o medo que muitos têm de tantos de nós é irracional e é baseado em uma história triste e sombria, e é hora de irmos além disso.”

Veja o clipe abaixo.