Michael Strahan acusa ex-esposa de abusar de filhas gêmeas e pede custódia primária

 Esquire Apartment 2003 Festa de Lançamento - Chegadas

Fonte: James Devaney/Getty

Michael Strahan entrou com pedido de custódia primária de suas filhas gêmeas adolescentes, Sophia e Isabella, depois de acusar sua ex-esposa, Jean Muggli Strahan , de abusar deles.



De acordo com documentos judiciais obtidos por TMZ , a ex-estrela do futebol e apresentadora do “Good Morning America” está alegando que Jean tem infligido abuso físico e emocional às meninas. Ele continuou dizendo que tem provas de que Jean está envolvido em um “padrão de conduta abusiva em relação às crianças há anos”, que ele divulgará em documentos judiciais lacrados.

Além disso, Michael acusa Jean de não levar suas filhas às consultas de terapia ordenadas pelo tribunal e argumenta que ela é a razão de eles terem perdido vários jogos de vôlei e eventos equestres.

Atualmente, Michael tem direito de visita e Jean, guarda primária; no entanto, ele está solicitando uma troca. Ele quer assumir a custódia primária e fazer com que as meninas se mudem com ele para Nova York, enquanto Jean, que mora na Carolina do Norte, assume seu atual acordo de visitação. Ele também quer que Jean seja processada por desacato criminal e civil por suas supostas ações.

Este último desenvolvimento ocorre quando Jean e Michael estão encantados no meio de uma intensa disputa de pensão alimentícia. A natureza da disputa ainda não está clara. De acordo com TMZ , fontes conectadas à personalidade da mídia afirmam que Jean está tentando aumentar os pagamentos mensais e modificar seu atual acordo de pensão alimentícia, enquanto fontes conectadas a Jean dizem que ela está buscando a pensão alimentícia depois que Michael falhou em cumprir certas “obrigações” que foram especificadas em seu contrato de pensão alimentícia de 2009.

Michael e Jean se casaram em 1999 e se divorciaram em 2006. Após uma longa e amarga batalha judicial, Jean recebeu $ 15,8 milhões e Michael foi condenado a pagar $ 18.000 por mês em pensão alimentícia.